Visitas



Amigos

online

O Mundo

Locations of visitors to this page
.arquivos

. Março 2012

. Novembro 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Abril 2009

. Janeiro 2009

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

Sábado, 26 de Maio de 2007
...

 

Hoje, o sol invadiu a minha cama e despertou-me para uma manhã de amor. Os pormenores não conto… Aliás, eu devia fazer como tantos outros, colocar aqui tudo o que penso, tudo o que me incomoda. Mas sabes por que não o faço? Odeio dar a conhecer os pormenores de uma vida que é apenas minha e gosto de guardar para mim tudo aquilo que é só meu. Há dias, aqueles dias em que acordamos livres, em que apetece dizer tudo, mas mesmo tudo o que habita aqui. Censuro textos de falsas mágoas infinitas e agora iria colocar aqui os meus sonhos e pesadelos de uma forma tão clara? Não. Não gosto de expor-me assim. Prefiro continuar a pensar apenas para mim e para os meus. Na realidade da minha, sou eu próprio. Sim, por cá, não censuro o meu pensamento. Apenas não quero satisfazer mentes mais pobres que se alimentam mais de ditos e menos de factos. Facto é que nunca disse e nunca direi aqui tudo o que penso. Se eu dissesse… ai se eu dissesse!...

Há dias assim, a língua solta-se e a imaginação perde-se!

 

publicado por Lover às 15:36
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|
Sábado, 12 de Maio de 2007
...

 

Hoje, entendo aquilo que talvez nunca havia entendido… Há desesperos na vida que nos obrigam a reflectir e a elevar a nossa oração a Deus. Assim, aconteceu. Perdido no nada, ganhei garras de um leão feroz e busquei em Deus a força que os homens me tiraram. A vida é assim, hoje dá e amanhã tira. Hoje, e não apenas hoje, quero crer no Deus que me ajudou a acreditar.

publicado por Lover às 18:23
link do post | comentar | ver comentários (15) | favorito
|
Segunda-feira, 7 de Maio de 2007
...

 

Do nada nasce a esperança,

Do nada nasceu a criança.

Do nada surge o sentido,

Sem nada senti-me perdido.

 

Aqui, onde tudo era pouco,

O nada fazia-se mouco

E do nada emerge tudo

Como eterno som mudo.

 

 

publicado por Lover às 13:10
link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito
|

Eu...


E-MAIL: versatilidades_blog @hotmail.com



A Minha Marca

lover1.JPG


.pesquisar
 

Para ti


Olá...

Agradeço a tua visita ao meu blog...