Visitas



Amigos

online

O Mundo

Locations of visitors to this page
.arquivos

. Março 2012

. Novembro 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Abril 2009

. Janeiro 2009

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

Quarta-feira, 27 de Junho de 2007
...

 

Na calada da noite, despertam-me sonhos perdidos... Como é bom sonhar pela calada de uma noite serena de um Verão ameno e vagabundo que teima em pregar matreiras partidas. Apago o pensamento leve e adormeço numa nuvem de anseios, agarrando as finas e doces garras do meu maior tesouro. Desejo da ternura, onde tudo sempre recomeça! … Quando as noites pérfidas e nauseabundas ultrapassam campos de outrora, apenas deixo pousar aqui o delírio do sonho e da verdade… Afinal, como é bom sonhar, não é?

publicado por Lover às 23:56
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
|
Quinta-feira, 21 de Junho de 2007
...

 

Vi actores transformarem-se em grandes estrelas de cinema, desempenhando papéis de duplos na mais perfeita das imperfeições.

Quem ligava e falava era sempre duplamente eloquente, duplamente lúcido no caminho falsamente traçado. Admirei jogos realizados e mistérios pronunciados. As vozes sonantes impunham rigor à assistência num quadro onde as vivas cores desvaneceram num turbulento cinza doentio.

Alguma vez conheceste pintores da realidade?

Eu sou privilegiado! No último ano abençoei almas de verdade pura, onde o tudo era nada e onde nada era mesmo tudo. Hoje, cá longe, no mais perfeito dos Castelos - Sim, fui coroado Rei – imploro pelas almas perdidas do passado. Sim, imploro: ‘Que sejais sempre alimento do passado’. Hoje, presente estou no meu reino de encantos, como um poeta fingidor, fingindo que os artistas do passado nunca foram mais do que grandes artistas. Parabéns!...

O palco era grande e, neste último ano, muitos cá actuaram, mas deitei-lhe o fogo da purificação. O pano fechou e o espectáculo acabou.

 

publicado por Lover às 23:08
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Quarta-feira, 6 de Junho de 2007
...

lover1.JPG

 

Há dias do acaso, quando tudo parece ter um fim e, no final, tudo recomeça de um início. Hoje, foi um dia desses. O acaso levou-me a mudar o aspecto deste 'Versatilidades', companheiro de todas as minhas horas, nos últimos dois anos. Um aspecto novo para que o pó e o cheiro a mofo não se instale por aqui e para que cada letra e cada frase tenha sempre um sentido muito próprio, um sentido verdadeiramente meu. Espero apenas que tenham gostado da nova versão do meu blog... Eu, por cá, sou sempre o mesmo... o Lover...

publicado por Lover às 13:50
link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito
|

Eu...


E-MAIL: versatilidades_blog @hotmail.com



A Minha Marca

lover1.JPG


.pesquisar
 

Para ti


Olá...

Agradeço a tua visita ao meu blog...