Visitas



Amigos

online

O Mundo

Locations of visitors to this page
.arquivos

. Março 2012

. Novembro 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Abril 2009

. Janeiro 2009

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

Quinta-feira, 15 de Dezembro de 2005
...

sonhosdemenino.jpg


Olhei no espelho e entendi que não sou o Homem mais completo do universo, não sou o Homem mais feliz do mundo, não sou o Homem mais poderoso e nem sou o Homem mais rico… Simplesmente, hoje, entendi que tenho a maior das pérolas do mundo: a amizade! Em retrospectiva, relembro as amizades mais sinceras que passaram pela minha vida. Estranhamente ou não, sempre fui muito adulto para a minha idade. Enquanto os meus colegas de rua e de escola jogavam à bola, eu fazia questão de estar com alguém mais velho. Inconscientemente, fui crescendo num mundo sempre à frente do meu, nunca me consegui rever nas ‘anormalidades’ típicas das idades. Apenas, relembro com saudades um dos momentos mais marcantes da minha vida, os famosos anos do armário… - Que engraçado que ele é! Sempre ouvi esse comentário! Os meus professores sempre me adoraram! Na verdade, era bom aluno e sempre o mais divertido e as minhas piadas contagiavam qualquer um. Lembro-me de uma directora de turma que chegava a pedir por favor para me calar, pois não continha o riso. A minha alma de actor sempre marcou os meus dias, sempre fui extrovertido e vanguardista nas ideias e nas mentalidades. Recordo-me de aulas a contar piadas ou, simplesmente, a tecer comentários bárbaros. Lembro com saudade aquele jovem sempre cheio de iniciativas, cheio de forças e com provas dadas. Hoje, recordo com saudade aquele EU que não retomo mais. Hoje, cai-me uma lágrima pensando naquele menino gordito, engraçado, meio pacóvio, mas sempre muito verdadeiro, leal e sincero. Hoje, sou a herança daquele menino e não me arrependo da criança que fui. Hoje, sou um jovem-adulto sonhador, marcado pela vida! Mas, num pensamento fugaz, acredito que estou marcado para viver feliz. Há alguém que me sussurra, no profundo do meu EU, que alcançarei a felicidade, há alguém que me sussurra que sou o seu protegido e que tudo fará por mim. Hoje, não sou mais menino, mas os sonhos de criança continuam aqui em busca da realização. Que menino lindo que foste! Criança dócil que ainda és!

publicado por Lover às 00:03
link do post | comentar | favorito
|
10 comentários:
De Anónimo a 15 de Dezembro de 2005 às 13:13
Texto nostálgico mas também cheio de esperança. Acredita que serás feliz e sê-lo-às. Boas Festas.Beijo.power
(http://vidadopower.blogspot.com)
(mailto:power@sapo.pt)
De Anónimo a 15 de Dezembro de 2005 às 15:15
Sempre temos uma criança dentro de nós, sejamos grandes ou pequrenos. Pelo que vejo eras muito divertido em criança, com o tempo mudámos ou não, mas não devemos deixar de lado a alegria, a esperança de que um dia tudo será pacífico. Amigo, gostei do que li, e com certeza que serás muito feliz, não tenho dúvidas. Bem hoje fico-me por aqui. Espero que estejas bem. Bjo especial (;Homosexual Life
(http://www.homosexuallife.blogspot.com/)
(mailto:homoslife@hotmail.com)
De Anónimo a 15 de Dezembro de 2005 às 15:15
Sempre temos uma criança dentro de nós, sejamos grandes ou pequrenos. Pelo que vejo eras muito divertido em criança, com o tempo mudámos ou não, mas não devemos deixar de lado a alegria, a esperança de que um dia tudo será pacífico. Amigo, gostei do que li, e com certeza que serás muito feliz, não tenho dúvidas. Bem hoje fico-me por aqui. Espero que estejas bem. Bjo especial (;Homosexual Life
(http://www.homosexuallife.blogspot.com/)
(mailto:homoslife@hotmail.com)
De Anónimo a 15 de Dezembro de 2005 às 17:19
Oi Meu Amigo

Para mim continuas a ser engraçado, meio pacóvio, mas sempre muito verdadeiro, leal e sincero, amigo nos bons e maus momentos da minha vida desde que nos conheçemos, e claro que vais ser feliz, mas pensa quanto mais custar a atingir felicidade mas gozo te vai dar a viver essa felicidade. E continua a sonhar a vida é feita de sonhos o que seria de nos sem os nossos sonhos. E durante essa caminhada o Teu protegido vai andar ao teu lado para te proteger.

Um Beijo Adoro-te!Moonlight
(http://palavrasdanoite.blogs.sapo.pt/)
(mailto:palavrasdanoite@sapo.pt)
De Anónimo a 15 de Dezembro de 2005 às 18:47
Este texto está fabuloso Loverboy e só há um caminho para quando se escreve assim... A Felicidade, essa, que está à tua espera! BeijoMaria Papoila
(http://apapoila.blogs.sapo.pt)
(mailto:msantosilva@sapo.pt)
De Anónimo a 15 de Dezembro de 2005 às 22:07
Amigo,as tuas palavras tocaram no meu frágil coração e fizeram-me voltar no tempo e reviver o passado.
Nao te conheço assim tao bem nem ha mnt tempo para dizer k sim, é verdade...
Mas pelo que conheço,neste pouco espaço de tempo k axo k ja te conheço melhor do k a pessoas que conheço ha anos digo...
És uma pessoa muito especial para mim.
Guardo um carinho enorme por ti no meu coração o porque nao o sei.
Mas desde o momento que falei cntg k pareceste-me uma pessoa fabulosa.
Isso veio-se a comprovar knd nos conheçemos em pessoa...
Nao duvido que os teus sonhos de criança ainda nao se tenham concretizado.
Pelo que sei pelo que me contas mas vais ver...
Vais ver que nao tarda mnt estarás aí todo sorridente e bem da vida.
Apaixonado cm nunca pois estas xeio de amor para dar.E sorte é de quem o receber...
Só espero que nunca abandones aki o teu amigo que tanto te adora e estima...
Um bj nesse lindo coração e nessa brilhante alma...moreninho
(http://www.regressaami.blogs.sapo.pt)
(mailto:D_F_A_@hotmail.com)
De Anónimo a 16 de Dezembro de 2005 às 21:02
Ao contrario de ti não me apetece recordar a infância, nem a adolescência, nem nada que pertença ao passado, porque mesmo olhando isso tudo nada parece ter sido vivido por mim..hoje sou outra mulher do qual me orgulho, corajosa, decidida, cheia de força para retomar as rédeas deste vazio k inventamos sempre por qualker motivo. Antes era tudo muito cheio de "ses", não kero ser mais akela criança triste e introvertida de outrora, não kero mais viver uma vida k não é a minha...Hoje sou alguém k embora sofra como todos, sou alguém interessante, com conteúdo, com muita garra e alegria de caminhar pelos buracos da vida...jinhosgi
(http://essenciademim.blogs.sapo.pt)
(mailto:gina.pinto@sapo.pt)
De Anónimo a 17 de Dezembro de 2005 às 15:17
Que bonito foi esse teu olhar para trás e recordar tempos de infancia. Embora adulto, e amarcado pela vida como tu dizes, foram talvez esses momentos de juventude, as tuas professoras, enfim quem de uma maneira ou outra passou por ti, que fazem de ti a pessoa ke és hoje. Um ser absolutamente normal que chora que ri, e que pensa. Gostei muito. Um abraço e bfs.zzeca
(http://omeusom.blogs.sapo.pt)
(mailto:zzeca855@hotmail.com)
De Anónimo a 20 de Dezembro de 2005 às 18:07
Olá, Lover!

Linda reflexão sobre o teu passado! Certamente essa alegria e disponibilidade ainda habitam em tí, o que te credencia para uma vida mais plena, mais feliz. Esse alguém que te protege e sussurra que tudo fará por tí estará sempre ao teu lado, inclusive nos melhores momentos. Continue sendo esse jovem-adulto-sonhador... vale a pena!

Grande abraço. Zeca
(http://j.cb.blog.uol.com.br)
(mailto:j.cb@uol.com.br)
De Anónimo a 20 de Dezembro de 2005 às 18:18
Loverboy,

este comentário deveria ser deixado sobre o post de ontem. Mas como não houve jeito de acessá-lo, deixo-o aquí.

"Este será um Natal muito diferente pra tí. Sem alguém especial, mas no seio de uma família linda, que sempre saberá amá-lo, respeitá-lo e protegê-lo. Todos nós ficamos mais sensíveis nesta época. E em algum momento, todos já tivemos essas dúvidas que te afligem. Mas o teu futuro está em tuas mãos. E será conforme o construíres. Se souberes respeitar-se a sí mesmo, certamente terás o respeito de todos. E isso é o mais importante, não apenas no Natal, mas em qualquer outra época do ano. E como sou meio mago, vou predizer-te um futuro ao lado de uma pessoa especialíssima, que saberá retribuir todo o amor que tens guardado em tua alma. E, juntos, saberão encontrar a almejada felicidade.

FELIZ NATAL!"
Zeca
(http://j.cb.blog.uol.com.br)
(mailto:j.cb@uol.com.br)

Comentar post


Eu...


E-MAIL: versatilidades_blog @hotmail.com



A Minha Marca

lover1.JPG


.pesquisar
 

Para ti


Olá...

Agradeço a tua visita ao meu blog...