Visitas



Amigos

online

O Mundo

Locations of visitors to this page
.arquivos

. Março 2012

. Novembro 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Abril 2009

. Janeiro 2009

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

Terça-feira, 29 de Novembro de 2005
...
so.jpg

 Hoje, deito-me na almofada e o meu corpo incendeia de revolta.


Por que motivo me sinto assim?


Toco na minha pele e sinto leves toques de dor, olho as paredes nuas e revejo-me na textura lisa e sem cor. A mágoa dos meus minutos é a decadência dos meus dias… Não sou nenhum coitado, não sou como aquele pobre mendigo de rua e, felizmente, não tenho as dores de parto, as dores da carne… Felizmente! A minha dor é outra, sem significado aparente, mas causa ferida neste meu parvo coração.


A dor da diferença…


 Não tenho aparência homossexual, se é que a há! Sou um jovem como qualquer outro, mas revolta-me ser quem sou. A minha dor é constante e sinto-me isolado deste mundo construído na sombra de imagens pré-concebidas, de ideais fúteis e, principalmente, povoado de gente vazia e sem determinação.


Sensível demais….


Hoje, os meus olhos pedem uma lágrima que não quer sair. Hoje, o meu coração só derrama lágrimas de uma profunda emoção. Hoje, estou sensível demais e só imploro por um amor que não suporto mais encontrar. Sozinho estou, sozinho tenho de ficar! Afinal, até no meio da mais numerosa multidão a minha alma reclama solidão.

publicado por Lover às 13:28
link do post | comentar | favorito
|
12 comentários:
De zmijica a 23 de Setembro de 2007 às 01:50
é somente dia da cama, nada mais. que passará.
De zmijica a 23 de Setembro de 2007 às 01:45
eu amo esta canção
De zmijica a 23 de Setembro de 2007 às 01:36
kiss;)
De Anónimo a 29 de Novembro de 2005 às 13:54
Odeio a discriminação...e é o que existe cada vez mais...Que raio as pessoas têm haver com o que cada um faz...Se não afectar a vida de ninguém porque têm que apontar e criticar...!!!

Beijokinhas,
Fica bembarmaid
(http://www.barmaid.blogs.sapo.pt)
(mailto:ffffff@sapo.pt)
De Anónimo a 29 de Novembro de 2005 às 18:38
Caro amigo...não se pode esperar muito mais de uma sociedade retrogada!Temos de ser nós a lutar para nos sentirmos bem no meio deles!Essa solidão quem não a sente?Eu sinto-a e cada vez mais amarga...todos nós sentimos!Somos postos de parte....Mas há k lutar pelos nossos ideais!Abraço grande!Luar
(http://www.osmanos.blogs.sapo.pt)
(mailto:amor_amizade_1980@hotmail.com)
De Anónimo a 29 de Novembro de 2005 às 21:27
Olá! Palavras tão próximas. Identifico-me por muitas vezes nessas palavras com verdadeiro sentimento. Tal como tu, também eu sinto por vezes uma solidão imensa. Na ânsia de encontrar alguém com que passe momentos felizes. Mas enfim, tanto espero que desespero. Amigo, bem sabes o que passamos, pode ser apenas partilha de sentimentos por este meio, a net, mas muitas vezes mais forte do que outros. És uma pessoa muito especial. E tal como eu, tal como todos os outros, mereces ser feliz. Sei que é difícil, não posso falar muito, pois sou novo, mas já tenho uma ideia ou talvez mais que uma simples ideia, daquilo que é a realidade da vida. Contudo, a sociedade não nos deixa ser autênticos, mas o que podemos fazer? Sós nos resta lutar pela nossa felicidade. Se temos amigos, laços de amizade construídos, não é o facto de sermos homossexuais que os irão destruir, se tal acontecer só iremos ver a falsidade da amizade. Amigos são aqueles que nos aceitam como somos. Enfim, muita coisas mais poderia dizer aqui...mas falta-me as palavras para continuar a escrever aquilo que sinto neste momento... Não desesperes...Acredita sempre naquilo que gostas...***Homosexual Life
(http://www.homosexuallife.blogspot.com)
(mailto:homoslife@hotmail.com)
De Anónimo a 30 de Novembro de 2005 às 10:38
Amigo,tocaste-me com as tuas palavras.
Palavras carregadas de dor palavras carregadas de solidão.
o teu coração chora de todo o mal ke jal he foi feito chora de solidão.
Mas nunca te eskeças de uma coisa.
Knt menos esperares o amor aparecerá.
É vais ver k nao vai ser preciso andar em enumeras procuras para tal acontecer.
E nunca te esqueças que eu tou sempre aqui para o k der e vier.És o meu amigo ''colorido''. ;)
Um amigo que nao posso nem kero perder.
Na solidão não estas pois eu nao o deixarei.
e mergulhado em dor voltaras mas eu te segurarei para nao caíres num estado de decadência.
Ânimo meu amigo,poe todos esses maus sentimentos para tras pois fazem parte do passado e sorri para a vida.
Vida que brevemente te trará a tua tao desejada felicidade...
Um bj enorme deste teu eterno amigo...Moreninho
(http://www.regressaami.blogs.sapo.pt)
(mailto:D_F_A_@hotmail.com)
De Anónimo a 30 de Novembro de 2005 às 16:40
Meu Amigo.

Nao podes ligar ao que as pessoas ignorantes pensam ou dizem, homossexualidade nao é uma escolha, nao é uma doença, e nao deves sentir receio de enfrentar e tentar seres feliz, claro que com algum sofrimento pelo meio mas isso é normal todos nos temos. Mas sabes que para os momentos maus eu estou aqui e para os bons tb claro ;-). E desculpa comentar pouco o teu Lindo Blog, e agora com esta cor melhor ainda, mas eu nao tenho jeito nenhum para escrever.

Um Beijo Enorme desta Tua AmigaIsabel
(http://receitasedicas.blogspot.com/)
(mailto:isabell_isabell@hotmail.com)
De Anónimo a 30 de Novembro de 2005 às 17:03
Aquilo que tu és guarda para ti.... os que os outros pensam não interessa guarda PARA TI.. lágrimas.. tristezas são simbolos da NOSSA VIDA
força estou contigo
tesouromio
(http://tesouromio.blogspot.com/)
(mailto:sempre@sandinenses.com)
De Anónimo a 30 de Novembro de 2005 às 21:39
Li os teus escritos e sei dar valor ao que escreves. Essa dor profunda, essa revolta, essa insatisfação... e tudo tão profundamente sentido na tua alma. Amigo, conheço-te um pouco pelo que leio, pelo que tenho vindo a ler. Estou contigo! Um dia as coisas andam bem, no outro parece que tudo o que era belo desapareceu e não se vê mais nada, a não ser a desilusão que nos toma. Sabes, a vida é uma luta constante em descoberta de novos mundos. Eu larguei tudo e parti para outra, teve que ser, sinceramente cansei de bater com a cabeça na parece por quem não me merece e até parece que nunca queria ouvir nada. Mas enfim, creio que dias melhores hão-de vir. Crê também e vamos brindar aos novos valores e o resto que se lixe. Quem não quer amar que não ame. Caga! O que não presta vai para o lixo. Abraço-te com amizade. Samuel, o Ventoso.Rua dos Nomes
(http://ruadosnomes.blogs.sapo.pt/)
(mailto:cerejeira2005@hotmail.com)

Comentar post


Eu...


E-MAIL: versatilidades_blog @hotmail.com



A Minha Marca

lover1.JPG


.pesquisar
 

Para ti


Olá...

Agradeço a tua visita ao meu blog...