De sonho fiel a 14 de Outubro de 2006 às 04:31
Pois é, imagem transcendente no odor que transmite, sereno da alvorada, transparência do acordar livre e ver o mundo como um novo amanhecer, cheio de amor para dar, como este corações que caem letamente, como a chuva ao sopro do vento.
Gostei muito do teu blog.
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.