De Sonho Vultuoso a 1 de Novembro de 2006 às 18:13
A morte, solenemente apoteótica quando ruptura sem desdém a vida por vezes desmerecida de quem deseja morrer - a tua professora simplesmente foi ensinar numa outra dimensão, nem que seja o vácuo, mais de uma coisa podes acreditar, os átomos que a componham continuarão a divagar e quem sabe se a energia deles não transmigrará para um novo corpo.
A vida...a morte...sempre complementares.
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.