.arquivos

. Março 2012

. Novembro 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Abril 2009

. Janeiro 2009

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

Sábado, 12 de Maio de 2007
...

 

Hoje, entendo aquilo que talvez nunca havia entendido… Há desesperos na vida que nos obrigam a reflectir e a elevar a nossa oração a Deus. Assim, aconteceu. Perdido no nada, ganhei garras de um leão feroz e busquei em Deus a força que os homens me tiraram. A vida é assim, hoje dá e amanhã tira. Hoje, e não apenas hoje, quero crer no Deus que me ajudou a acreditar.

publicado por Lover às 18:23
link do post | comentar | favorito
15 comentários:
De pinguim a 15 de Maio de 2007 às 00:39
Amigo Lover
eu ontem tinha escrito aqui um longo comentário, pois este post foi muito forte, para mim; infelizmente, não apareceram caracteres para poder dar o comentário como publicado, e...perdeu-se. Claro que agora é impossível repeti-lo, mas tenho pena.
Fica a ideia que gostei mesmo muito do que disseste.
Abraço.
De sonho a 14 de Maio de 2007 às 19:18
Boa tarde!

Venho agradecer a visita,e tb a simpatia!

Tens um blog tambem dentro dos meus(sonho,sonhador)

parabens

abraço

sonho
De Carioca a 14 de Maio de 2007 às 05:50
Falar de Deus é sempre meio complicado, porque as pessoas têm noções muito diferentes de Quem seja Ele (ou Ela).
Mas acho que um dia vamos ter as respostas pras situações pelas quais Ele (ou Ela) nos obrigou a passar. Não sei se vamos gostar das respostas que vão vir, pois voluntariamente acho que nunca íamos fazer certas coisas que Ele (ou Ela) nos obrigou a fazer.
É por isso que não acredito num Deus Supremo (ou Deusa Suprema) que nos aplique um castigo infinito depois da morte. Afinal, se nós só fizemos certas coisas porque Ele (ou Ela) nos obrigou, como é que Ele (ou Ela) vai nos castigar por isso?
É uma pena que muitos sacerdotes ditos cristãos preguem exatamente o contrário: ameaças ao Inferno, ameaças ao Inferno e mais ameaças ao Inferno. Só isso.
Não é à toa que as igrejas conservadoras tão cada vez mais vazias.
Bom, grande abraço pra você.
De Shadow a 12 de Maio de 2007 às 23:45
Olá meu amor, cá estou eu para deixar um dos meus muitos carinhos para ti.
Nesta Tela negra ja vi e já li várias coisas, vários assuntos.
Uns tristes outros felizes, uns de raiva outros de desgosto.
Hoje encontrei um agradecimento.
Um obrigado a Alguém superior, Alguém que nós, meros humanos nunca vimos e talvez, nunca iremos ver.
Mas mesmo sem ver pode existir.
Tu meu amor ja tiveste a tua dose tal como eu.
Agora na paz e sossego do nosso amor, continuamos as nossas vidas como sempre o fizemos.
Longe de tudo e de todos.
Um beijo de obrigado...
Obrigado pelo esforço, pela dedicação, pelo sofrimento que passas-te, ambos passamos...
E sobretudo obrigado pelo teu amor incondicional.
Nunca te esquecerei, mesmo se um dia nos separemos ficarás para sempre no mesmo sitio que te encontras agora...
No centro do meu coração!!!
Amo-te muito meu amor...
Shadow!!!
De Cöllyßry a 12 de Maio de 2007 às 18:42
Olá docura...agradeço as palavras sempre tão delicadas lá no meu olharindiscreto...e feliz fico por saber desse emcontro Divina que é a nossa ancora e Porto de abrigo...Meu terno e doce beijo

Comentar post

.pesquisar