.arquivos

. Março 2012

. Novembro 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Abril 2009

. Janeiro 2009

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

Terça-feira, 26 de Fevereiro de 2008
Amores escondidos...porquê?

 

 

 

Hoje, encontrei este video e não resisti em publicar, acima de tudo, para continuar a afirmar que a diferença existe e que deve ser sempre louvada. Se muitos consideram que o amor entre dois homens não passa de pura aberração, então eu não sou deste mundo e não faço parte desta sociedade que marginaliza quem ama.

A sociedade e a educação conduziram-nos sempre para um relação hetero, mas está na hora de encarar a verdade e limpar a imagem de que um gay não é alguém mentalmente perturbado que nasceu num corpo errado e que gosta de vestir roupas femininas. Se há pessoas assim, só temos de as respeitar também. Agora, a grande maioria dos homossexuais são pessoas completamente normais, muitos são pais de família que pela vergonha da sociedade se esconderam num casamento fracassado.

Continuo a reclamar que se abram as mentes ao povo português, evidenciando que ninguém escolhe nascer homo. Se assim fosse, todos seríamos heteros, pois ninguém arriscaria ser discriminado.

publicado por Lover às 13:35
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De Élem a 1 de Março de 2008 às 19:59
Olá "amigo" Lover... lindo suas mensagens, seus textos... amei e agora serei frequentadora. Parabéns!
De Leo Carioca a 29 de Fevereiro de 2008 às 17:28
Eu costumo dizer que se alguém é contra mim porque eu sou gay, o problema não é meu, e sim dessa pessoa.
Lamento por ela. Mas dela quero distância.
De Algbiboy a 26 de Fevereiro de 2008 às 20:46
Infelizmente é assim amigo Lover. Mas por muito felizes já nos podemos dar por as coisas estarem como estão. Vamos a cada dia dando um passo e contribuindo para que que esteja a nascer agora, tenha um mundo de direitos como pessoas que são.
Abração grande
Miguel

Comentar post

.pesquisar